31 de mar de 2013

49° Capítulo- Entre milhares de sorrisos por aí, me apaixonei justo pelo dele†

"Sexta acordei com a Nina pulando em cima de mim- Júnior, tira ela daqui -me virei pro outro lado e cobri o rosto.
Júnior- Se fosse nosso filho você ia fazer assim?
Bia- Vai tomar no seu cu -ele riu e pegou a Nina, ouvi os passos dele se afastando e tentei voltar a dormir, fiquei um tempo deitada e me levantei, arrumei a cama e fui pro banheiro, tomei um banho geladinho pra animar os nervos e voltei pro quarto, fui no closet do Júnior e tinha umas roupas minha la, vesti minha lingerie e uma roupa simples, voltei pro banheiro e pendurei a toalha, escovei meus dentes e penteei meu cabelo, peguei meu celular e desci, o Júnior tava só de bermuda, brincando com a Nina cantando.
Júnior- "Se namorar fosse bom eu vivia no cinema e não tava na balada".
Bia- Sério isso? Tudo bem, magoou -fiz bico e ele se levantou.
Júnior- Para né amor, é só a música -me abraçou e beijou meu pescoço.
Bia- Ta bom né, finjo que acredito -ri e fui pra cozinha- já tomou café amor? -falei mais alto pra que ele pudesse ouvir.
Júnior- Já né, você inverna -riu e eu me sentei, tomei café rapidinho e arrumei a cozinha, voltei pra sala e ele tava mexendo no meu celular.
Bia- Acho que estou te acostumando mal hein Júnior?
Júnior- Osh, porque? -disse ainda mexendo no meu celular como se eu não estivesse ali.
Bia- Tu me leva pros lugares a hora que quer, mexe nas minhas coisas e bagunça minhas roupas, fuxica meu celular e lê todas as minhas mensagens. Preciso de privacidade meu filho.
Júnior- Tu precisa é de uns tapas pra aprender que não pode ter amigo homem, caralho.
Bia- Que? -arqueei a sobrancelha- ta pensando que é quem pra falar desse jeito comigo? 
Júnior- Sou teu namorado, imbecil.
Bia- Primeiro você vai abaixar esse tom de voz, porque você não ta falando com seus amigos e muito menos com essas piranhas que você costumava comer por ai. E em segundo, homem nenhum me prende meu amor -ri debochada.
Júnior- O que foi que você disse? -me jogou em cima do sofá e prendeu minhas pernas com as pernas dele,  segurou minhas mãos.
Bia- Sai de cima agora Júnior, ta me machucando, cacete -gritei com ele.
Júnior- Não adianta você gritar, só tem a gente aqui -riu.
Bia- Júnior, sai de cima de mim agora -gritei de novo e tentei soltar meus braços, me contorci e consegui ficar por cima dele, me levantei e chutei bem no meio das pernas dele, ele começou a me xingar e a gemer de dor- viu quem é que manda? É pra tu aprender a mexer com quem ta quieto -deixei ele deitado e fui rumo a escada, ele correu e me pegou no colo, me jogou no sofá de novo.
Júnior- Viu como sou um bom ator? -riu.
Bia- Filho da mãe -me deitei no outro sofá e ele me abraçou por trás.
Júnior- Agora que eu consegui te dominar você não vai dormir né? Vem cá me encher de beijo, vem -beijou minha nuca.
Bia- Sai, não quero.
Júnior- Ah Bia to te implorando, vem me venerar, vem.
Bia- Larga de ser escroto garoto, vai se foder.
Júnior- Eu não posso me foder sozinho, você tem que ir junto comigo, pra gente foder junto.
Bia- Você é ridículo Júnior, ridículo -me virei de frente pra ele.
Júnior- Você fica linda tentando ser brava comigo.
Bia- Você é um idiota sabia? Seu filho da mãe, grosso, idiota, cretino, cafajeste, imbecil. Seu, seu, seu...
Júnior- Seu, seu, seu? -perguntou sorrindo.
Bia- Meu, meu, meu, pra sempre meu -rimos.
Júnior- Você é bipolar garota.
Bia- Você que me irrita, garoto -tomei a iniciativa de beijá-lo e quando já estava ficando sem folego fui parando o beijo com selinhos.
Júnior- Sabe porque eu amo quando a gente briga?
Bia- Não, porque?
Júnior- Porque sempre acaba em beijo -riu.
Bia- Idiota -me sentei no chão e fiquei brincando com a Nina enquanto o Júnior mexia no meu cabelo, peguei meu celular e tirei uma foto dela.
@bialmeida: Nina Blue Eyes   #presentedonamorado
@rafaellabeckran: Créditos a mim que escolhi ela  
@duasbiazetes: Que gracinha   
@njunior11: Esposa e filha    

Bia- Você não cansa de ser retardado? -falei assim que terminei de ler o comentário dele. 
Júnior- Só quando você cansar de ser linda -sorri e ele me deu um selinho demorado. Ficamos o dia todo juntos, quando deu umas 20h ele pediu pra que eu fosse me arrumar, discutimos pelo tamanho da minha roupa e fomos pra tal balada "emburrados". 

POV Carol Belli

Conversei com umas amigas no whatsapp e fiquei sabendo que ia ter uma balada top la no Guarujá, me arrumei com minha melhor roupa e logo cheguei la, me sentei perto do barzinho da área vip e fiquei olhando pra entrada enquanto bebia minha ice.
Daniela- O Neymar e a namoradinha dele acabaram de chegar.
Carol- Porque essa sem sal tinha que vir?
Daniela- Relaxa, eles brigaram.
Carol- Como sabe? 
Daniela- Ela desceu do carro com o bico enorme e eles nem estão andando juntos.
Carol- Hm -sorri maliciosa e ela riu, eles entraram e ela foi dançar com umas meninas la, o Neymar veio até o bar e pediu um red bull, como sempre- oi, quanto tempo.
Júnior- Oi -me olhou com indiferença e bateu no balcão com cara de impaciente.
Carol- O que houve?
Júnior- Nada que seja da sua conta -jogou o dinheiro e saiu com sua latinha.
Daniela- Put's, podia dormir sem essa -riu e eu apontei dedo pra mesma.
Carol- Fica ai, já venho -passei no meio daquela multidão e finalmente encontrei o Neymar, me aproximei dele e segurei em sua mão- não fica assim, vamos nos divertir -tentei puxá-lo para perto de mim.
Júnior- Com você? -riu- some vai.
Carol- Porque ta me tratando assim?
Júnior- Só não quero falar com você cara, ta difícil de entender? -falou com olhar fixo em algo, ou melhor, em alguém. Olhei pra trás e la estava ela de salto nos pés e um vestido que deixava seu corpo com belas curvas por sinal, ela balançava os pés de uma lado para o outro enquanto tomava algo, que por sua alegria parecia ser vodka. Neymar a observava de longe, vendo os caras que estavam ali presente babando por ela, ah se ela soubesse o poder que tem. Ele foi se aproximando dela e eu fui junto, chegou por trás dela e sussurrou um "oi" em seu ouvido, ela se virou e abriu um sorriso debochado.
Bia- Ah é você, oi  -falou sem dar muita importância e se virou de costas pra ele de novo.
Júnior- Você deveria beber mais devagar, não acha? -ele falou utilizando toda e qualquer tipo de sensualidade que ele tinha em sua voz.
Bia- Você deveria cuidar da sua garota, não acha? -eles me encararam e eu disfarcei, ela pegou o copo da mão de umas das garotas que estavam com ela e tomou goles rápidos, desafiando Neymar.
Júnior- E o que acha que eu estou fazendo? -falou arqueando a sobrancelha.
Bia- Acho que você se enganou de garota -ela piscou e voltou a dançar, como se ele não estivesse ali. Ele a abraçou por trás e eu saí dali, não era obrigada a assistir aquela cena patética.
Daniela- Já ficou com o jogador? -disse assim que eu me sentei ao seu lado.
Carol- To com cara de que acabei de beijar alguém? -dei um gole em minha ice que estava ali no mesmo lugar que deixei.
Daniela- Segura ôh, não tenho culpa dos seus problemas -saiu me deixando sozinha e eu fui procurar minhas outras amigas.

POV Carol OFF

Em poucos segundos senti mãos em minha cintura e uma respiração forte em meu pescoço.
Júnior- Porque faz isso comigo? -perguntou atordoado.
Bia- Fazer o que? -falei com um sorriso debochado no rosto e rebolei ainda mais.
Júnior- Isso -apontou pro meu corpo.
Bia- Vocês homens são muito fracos, é só ver um corpinho malhado e ficam loucos.
Júnior- Não é um corpinho malhado, é o seu corpo -falou com firmeza na voz, me girou e olhou em meus olhos.
Bia- É mesmo? -mordi o lóbulo de sua orelha.
Júnior- Porque faz isso? -segurou minha cintura com força.
Bia- Já disse que não faço nada -falei enquanto beijava o pescoço dele. Ficamos naquela bolha, no meio da festa e como se existisse apenas a gente la, trocando carícias e tentando nos "reconciliar" ali.
Júnior- Deixa eu te beijar? -colou nossos narizes.
Bia- Não deixo -balancei a cabeça como sinal de negação.
Júnior- Foda-se, só tava tentando ser legal -no mesmo instante me puxou e me beijou na marra, depois que perdemos o fôlego ele parou o beijo e puxou de leve meu lábio inferior.
Bia- Porque fez isso? Eu disse não.
Júnior- E desde quando eu obedeço você?
Bia- Desde sempre.
Júnior- Não mesmo.
Bia- Sim.
Júnior- Não.
Bia- Sim e cala a boca.
Júnior- Não -deu uma risadinha- vem calar -tomei a iniciativa de beijá-lo e fui parando com selinhos- eu gosto assim -rimos e ficamos la naquela "pegação" o resto da noite..."


Falem memu galera, comeram bastante chocolate? Engordaram bastante? Sei que sim kkkkkkk enfim, me idolatrem porque eu tive que quase matar meu primo a facadas pra ele me deixar usar o computador dele! Obrigada, sei que sou diva e gata u_u acho que pego meu computador amanhã, então até.


12 comentários:

  1. Perfeito,continuaaa @laura_svs

    ResponderExcluir
  2. haha cap. top em gatinha mais e mais @PrincesaDo_Ney

    ResponderExcluir
  3. QUE CAPÍTULOOOOOOOOO! AMEEEEEEEEEII!

    ResponderExcluir
  4. o melhor, apenas *-* véeeei, esse cap foi mt foda ((= vcê é mt criativa, e pá; top !

    ResponderExcluir
  5. o mais perfeito de todos sem mais *--*

    ResponderExcluir
  6. Woont' que fofo esse post ! hahaha
    #Top demais !

    ResponderExcluir