4 de fev de 2013

3º Capítulo - A vida é cheia de surpresas †

"Bia- O que você ta armando Mirela?
Mirela- Relaxa Biazinha –riu- seu presente vai ser ficar aqui em casa comigo –falou se achando.
Bia- Que belo presente –ironizei e ela riu- mas eu não posso ficar.
Mirela- Porque não?
Bia- Meus amigos vão dormir aonde? E hoje vamos jantar fora pra comemorar meu aniversário.
Mirela- Jantar fora? Só isso?
Bia- É, queria que eu alugasse a Estatua da Liberdade? –ela riu e me puxou pra fora do carro.
Mirela- Deixa comigo que esse vai ser o melhor aniversário da sua vida.
Bia- Espero mesmo –bufei e nós entramos na tal casa, ela foi me puxando pela sala e tinha uns papéis em cima da mesa, peguei um deles e fiquei lendo- de quem são esses papéis?
Mirela- Da minha mãe eu acho, porque?
Bia- Essa letra não me é estranha –encarei o papel- ah, esquece –coloquei a folha na mesa e ela me puxou pro andar de cima.
Mirela- Você vai ficar nesse quarto –disse abrindo uma das milhares de portas.
Bia- Já disse que não vou dormir aqui.
Mirela- Fica shiu vai –riu- coloca sua mochila ai –deixei minha mochila em cima da cama- agora vamos comer, que hoje eu vou dragonizar –ri.
Bia- Mirela você ta cada dia mais louca –ela nem me deu ouvidos e já foi me puxando pra cozinha, tinham duas mulheres conversando.
Mirela- Mãe linda –deu um beijo no rosto de uma delas- Soninha –abraçou a outra- mãe, eu trouxe uma amiga minha pra passar uns dias aqui em casa.
xxx- Sem problemas filha –se virou de frente pra mim e deixou o copo que estava em sua mão cair.
Mirela- Mãe você ta bem?
xxx- To, to sim –me encarou e logo desviou o olhar- limpa essa bagunça pra mim Sônia –passou por mim como um ‘risco’ e as duas ficaram se entreolhando sem entender nada.
Bia- O que foi com sua mãe?
Mirela- Eu sei lá, nunca vi ela assim.
Sônia- É melhor eu limpar essa bagunça toda antes que você se corte –limpou tudo direitinho e a Mirela fez misto quente pra noix (: pegou coca e nós lanchamos.
Mirela- Vem Bia –me puxou pra sala e se jogou no sofá.
Bia- Até agora não to entendendo nada.
Mirela- Xá comigo –piscou e eu ri, pegou o celular dela e começou a digitar alguma coisa lá, olhei pro lado da sala aonde estava a mãe da Mirela e fiquei a observando, ela levantou a cabeça e seus olhos cruzaram com os meus através do espelho, segurei em minha gargantilha meio que involuntariamente e abaixei meu rosto, pude vê-la passando muito rápido rumo a escada e ouvi seus passos subindo a mesma- prontinho Bia.
Bia- Pronto o que?
Mirela- Sem perguntas vai, me passa o número desses seus amigos misteriosos –riu e eu passei o número da Alice e o do Miguel, ela mexeu mais um pouco no telefone e me olhou sorrindo.
Bia- Não to gostando nada nada dessa sua carinha.
Mirela- É a única que eu tenho, já devia ter se acostumado com ela –sorriu cínica.
Bia- Nem vou te responder nada, porque se não serei obrigada a te bater –sorri pra ela também e nós focamos na tv, quando deu umas 20:30 hrs ela deu um pulo no sofá.
Mirela- Meu Deus, estamos atrasadas.
Bia- Atrasadas? Pra quê?
Mirela- Sem perguntas dona Beatriz –me puxou pelo braço e me levou até seu quarto- me ajuda a escolher um look –ficamos lá por longos minutos tentando descobrir qual roupa a maricotinha ia vestir e finalmente achamos- ok, agora precisamos achar uma roupa pra você –ela pegou uns três estilos diferentes de roupa e estendeu em uma poltrona- qual você prefere?
Bia- Esse –apontei pra um vestido florido.
Mirela- Não, meigo de mais –ficou olhando as roupas até que estalou os dedos- é isso –pegou uma blusinha que estava junto com uma saia e colocou por cima de um short- esse vai ficar perfeito.
Bia- Não vai me falar o que ta aprontando?
Mirela- Não –sorriu e me fez sentar em uma cadeira- agora fica calada e deixa a mestre trabalhar –pegou o secador e passou em todo o meu cabelo, logo após passou a prancha na parte de trás e deixou só minha franja separada, colocou um bobs na mesma e prendeu no topo da minha cabeça- agora você vai lá e toma um banho, veste essa roupa –me entregou- que quando eu estiver pronta, vou te ajudar –me empurrou pra fora do quarto e eu entrei pro quarto de hóspedes, deixei a roupa na cama e fiquei me olhando no espelho, ri de mim mesma e entrei pro banheiro, me despi e tirei minha gargantilha, coloquei uma touca e tomei meu banho pensando muito. Pensando nos papéis da mãe da Mirela e da forma estranha que ela agiu quando me viu, de alguma forma eu me sentia “ligada”a ela! Sai do box e me sequei, passei um dos cremes que tinha na pia e abotoei minha gargantilha, voltei pro quarto e vesti minhas peças íntimas, enquanto tava vestindo a blusa a porta abriu.
Bia- Que susto menina –disse tampando minhas partes íntimas e ela riu.
Mirela- Calminha ai –se aproximou- senta ai querida –me sentei na cama e ela começou a me maquiar, quando terminou pegou um spray- fecha os olhinhos amor –fechei e ela espirrou o spray no meu rosto- prontinha –sorriu me olhando- termina de se vestir e calça aquele sapato –apontou pra um ‘saltão’ lindo- passa prancha na sua franja da forma que preferir –me entregou a prancha- e passa qualquer perfume de sua preferência, tem muitos ali no banheiro –me deu um beijo com muito cuidado e foi rumo a porta- ah e outra coisa, vê se não demora gatinha –piscou e fechou a porta rindo.
Bia- Essa menina ta aprontando alguma –ri sozinha e vesti o short, calcei o sapato e liguei a prancha na tomada. Arrumei minhas coisas em um cantinho do quarto e me sentei de frente pro espelho, pranchei minha franja e dei uns ajustes no resto do cabelo, desliguei a mesma e coloquei em cima da pia do banheiro, passei um perfume da Vitoria Secret e mandei beijo pra mim mesma olhando no espelho- linda –joguei meu cabelo e ri, abri a porta do quarto e fui rumo a escada, cheguei no topo da mesma e vi um MONTE de gente na sala.
Mirela- E por falar nela –apontou pra mim e todos me encararam, sorri tímida e desci as escadas.
xxx- Ta bem de amiga hein Mirelinha? –bagunçou o cabelo dela.
Augusto- Respeita moleque –bateu na cabeça do garoto que disse isso (Augusto era irmão da Mirela).
Bia- Oi gente –sorri mais uma vez envergonhada e todos me falaram oi.
Miguel- Qual foi o mágico que te deixou linda desse jeito?
Bia- Fica calado, coisa feia.
Alice- Ta linda amiga –me abraçou- quer dizer, você sempre é linda.
Bia- Ain, assim meu coração se derrete –riram.
Mirela- Se apresenta ai pra eles.
Bia- Bom, meu nome é Beatriz Almeida e eu to fazendo 18 aninhos hoje –sorri- trabalho junto com a Mirela, mas estou fazendo faculdade de publicidade. Sou fã do John Mayer e toco violão –pausei- e é só isso..."

Sei que os capítulos estão minúsculos, mas nos próximos capítulos isso vai mudar, prometo (: 
Muita gente ta falando que não ta entendendo a história mas eu não vou contar, porque se não perde toda a graça! Daqui a alguns capítulos vocês vão entender a história, relaxem.

13 comentários:

  1. ta muito bom, continuaaaaaaaa!

    ResponderExcluir
  2. Continua , topz

    ResponderExcluir
  3. eu acho que eu to entendendo u.u ta mt shoow @Njr_Ju

    ResponderExcluir
  4. cara preciso de maiis ta toop,sera q a mãe da Mi é mãe dela?u.u @PrincesaDo_Ney

    ResponderExcluir
  5. Taa Ótimo continuaaaaaa
    @biahnjr11

    ResponderExcluir
  6. A bia não tinha alugado um ap com os amigos ?? rs

    ResponderExcluir
  7. Liiiindo demais.. Meninas criei um novo blog, quem quiser dá uma olhada lá beijão http://nolimitiess.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir